quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Sons da Paulicéia - II

Para prosseguimento desta série, escolhemos uma cantora muito querida por nós: LAIS MARIVAL.



Maria Neomezia Negreiros, nascida em Taquaritinga/SP em 05.09.1911, na década de 1930 fez carreira nas rádios paulistanas Cruzeiro do Sul (PRB-6) e Cosmos (PRE-7). Gravou sete discos na Columbia entre 1936 e 1938, sendo seis sambas, quatro marchas, três maracatus (!) e apenas um samba-canção.

Infelizmente não tenho mais dados biográficos da cantora, apenas a informação recente de que ela está viva e ainda reside em São Paulo.


Coleção do autor

Quanto aos compositores, apenas podemos afirmar que H. Celso (?) teve outras duas composições gravadas, frevos que foram lançados sob os rótulos de "marcha pernambucana" e "marcha nortista", respectivamente: "Cadê você?" (por Moreira da Silva e Diabos do Céu, Victor 33.751-B, janeiro de 1934), premiada no concurso do Diario de Pernambuco (informação que consta do selo do disco 78 rpm), e "Morena do amor" (por Capiba e seu Jazz Band Acadêmico do Recife, Columbia 22.202-B, 1933).


Coleção do autor



Apresentamos as duas faces do disco Columbia 8.296-B, lançado em meados de 1937: o maracatu "MEU GANZÁ" (estilizado, vale dizer) e o samba-canção "SAUDADES DO MORRO". Neste último, como se não bastasse o excelente acompanhamento da orquestra do Maestro Gaó (Odmar Amaral Gurgel), Lais Marival nos proporcionou uma de suas melhores interpretações.

Nenhum comentário: