sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Patrício Teixeira

Violonista, cançonetista, cantor. Cantou com os Oito Batutas e terminou professor de Nara Leão. Começou com emboladas e modinhas, mas chegou ao samba & coro da Victor. Conviveu com os decanos do samba – Donga, João da Bahiana, Sinhô – e com os grandes ídolos do rádio. Popularíssimo nos programas da rádio Mayrink Veiga. Imortal, este que foi um dos primeiros cantores do que hoje chamaríamos pop.


Image Hosted by ImageShack.us
Cartaz dos Oito Batutas acompanhados de Patrício Teixeira, ca. 1918.



Bambo bambu, Odeon Record 122961, ca. 1925
Gavião Calçudo, Odeon 10436-A, 1930
Não tenho lágrimas, Victor 34193 (gravação 13.05.37, lanç. agosto)
Meu segredo, Victor 34289-A (gravação 17.02.1938, lanç. fevereiro)
Desengano, Victor 34391-A (gravação 04.10.1938, lanç. dezembro)
Sete horas da manhã, Victor 34819-A (gravação 05.08.1941, lanç. novembro)







discos: coleção Djalma M.Cm.

Um comentário:

Alexandre Montenegro disse...

dá uma olhada aí se vcs curtem:
composição de donga gravada por patrício teixeira em 1926, revisitada:
www.youtube.com/watch?v=vNvpXiVppgg